Arquivo do blog

Postagens populares

Palestra para Jovens! Chamado para fazer a diferença !






·         É possível levar Deus a sério na Juventude ?

·         Como viver agradando a Deus diante de pressões e desafios da adolescência?

·         Quais os valores que tenho que recuperar como jovem que deseja fazer a diferença em um mundo que jaz no maligno ?

 Recuperando Valores :

A perda de valores morais e espirituais na juventude, tem sido a causa do fracasso de muitos jovens que tinham tudo para serem bênçãos do reino de Deus, e fazer diferença como sal da terra e luz do mundo.

Cada cristão é chamado para ser diferente do mundo.
“Que o mundo que nos rodeia não vos comprima nos seus próprios moldes“. ( Rm. 12.2 ).      

As pressões sobre nós para que nos conformemos com este mundo são, de fato, enormes; não somente com respeito ao desafio feito diretamente aos princípios tradicionais de nossa fé e conduta, mas também (e mais ainda) com respeito a atmosfera penetrante do secularismo que chega a se infiltrar até mesmo na igreja. Infelizmente  muitos sedem sem  saber muitas vezes o que estão fazendo.
Para no entanto , sermos diferença no mundo, temos que perceber que embora todas as mudanças físicas, emocionais, e hormonais por que passam todos os adolescentes  e jovens no mundo , sejam as mesmas pelas quais jovens e adolescentes cristãos também experimentam; a diferença está em como nos são apresentados á luz dos princípios Bíblicos.  
  
O que é Adolescência ?
Período intermediário entre a infância e a idade adulta, no curso do qual a ocorrência da maturidade genital altera o equilíbrio adquirido anteriormente.
Ou seja, seu corpo e sua mente passam por muitas mudanças, físicas, emocionais, muitas vezes, ou na maioria delas, confusas e difíceis de serem compreendidas.
Para alguns dura mais tempo, para outros menos, mas todos passamos por este período, que é natural, e  que quando vividos á luz da palavra de Deus, pode ser a melhor fase de nossas vidas para adquirir bons hábitos, ou mudar maus hábitos que nos acompanharão pelo resto de nossas vidas; ajudando  na formação de nosso caráter, conduta, vitórias ou derrotas.

Puberdade : É o conjunto de alterações anatômicas e fisiológicas, que culminam com a menstruação  das meninas e a capacidade de ejacular  dos meninos. É neste período que ocorrem modificações na personalidade e no papel social do indivíduo, a partir da puberdade até a idade adulta. É o início da pré- adolescência.

O que é Crise de identidade ?
 Este é um dilema comum na adolescência e juventude. Segundo James Dobson, existem três coisas que os adolescentes acham que precisam a fim de sentir-se em paz consigo mesmos: atração física, inteligência (no geral traduzida em termos de boa atuação escolar) e dinheiro. 
É raro que todas elas estejam presentes, na vida de um adolescente , e surgem então sentimentos de auto-condenação, incompetência social, incapacidade acadêmica ou atlética, e fracasso espiritual, cujos sentimentos são enfatizados sempre que houverem críticas, rejeição social, ou incapacidade de ser bem sucedido em alguma tarefa importante.
Esta tão conhecida  “crise de identidade “ se apresenta quando o adolescente começa a se perguntar  “Qual é o meu lugar “?  “Qual é o meu valor como pessoa”? “Qual será o meu propósito na vida quando entrar na idade adulta “?

Maneiras para enfrentar esta crise:
 Aprendendo técnicas de comunicação, respeito mútuo, preocupação com outras pessoas, e uma atitude franca com relação aos problemas e sobre tudo, desenvolver uma intimidade com Deus através da leitura da Sua Palavra e da Oração.

É pecado Ter sonhos eróticos ?
Este acontecimento  involuntário é conhecido como “poluição noturna “ ( Dt. 23.10) Quando a pessoa tem um sonho que o leva a uma ejaculação, e não é fruto de uma fixação em algo proibido, pode ser uma porta de escape para uma necessidade biológica. Não é pecado.
Porém, não se deve deixar que este sonho fique vagando por sua mente, guardando-o para relembrar,  pois isto pode tornar-se uma fantasia sexual; provocando uma excitação ao lembra-lo. o que é pecado.

Masturbação é pecado ? Porque ?
Talvez este seja o maior dos dilemas dos adolescentes e jovens cristãos. Antes de afirmar se é ou não pecado, torna-se necessário considerarmos alguns pontos importantes.
O impulso sexual masculino ou feminino é também mental, emocional e espiritual.
A dinâmica biológica deste impulso sexual é natural.
Porém o vício desta prática durante a adolescência e início da fase adulta pode causar alguma incapacidade de resposta sexual.

1-     Escapísmo - incapacidade de se enfrentar qualquer situação difícil na vida.

2-    Sentimento de culpa  - Não podemos viver a vida cristã vitoriosa sem resolver o problema da “culpa”. Sentimentos de culpa mal resolvidos podem provocar doenças psicossomáticas.

3-  Vida mental -  Será que a masturbação pode ser praticada obedecendo  Mt. 5.28 e Ex. 20. 17 ? Pesquisas dizem que 75% dos homens e 50% das mulheres que praticam , experimentam fantasias eróticas. Diante disto como fica o cristão, quando Jesus disse “Eu porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. 

Porque a masturbação acaba sendo a prática do pecado ?
·         Porque esta prática produz sentimento de culpa, sensação de derrota e vergonha.
·         Praticar o auto erotismo, é usar egoisticamente um  dom que Deus nos deu com a finalidade de estabelecermos uma relação íntima com outra pessoa no casamento. ( Hb. 13.4)
·         Esta prática é uma das principais pedras de tropeço para o crescimento da vida espiritual do jovem ( 1 Co. 3.1-3; Ef. 4.15).
·         É a violação de 1Co. 7.9 que diz “Mas se não podem conter-se casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se “.

 Lascívia- É provocar um  desejo que não pode ser satisfeito sem que se cometa pecado “( 1 Ts. 4.5), esta provocação muitas vezes é feita  de maneira inconsciente, ou mesmo consciente, através de  um olhar, modo de se vestir, sentar, ou se expressar.

Fornicação- esta palavra ocorre 47 vezes no N.T. em várias passagens ela se refere á imoralidade em geral, e duas vezes ao intercurso sexual voluntário de uma pessoa solteira com alguém do sexo oposto “sexo  pré-conjugal”( 1Co. 5.1) .

VirgindadeEm (1Ts. 4.1-8) Paulo trata do nosso relacionamento físico. Conforme verso 3, a vontade de Deus para nossas vidas é a santificação. Isto quer dizer, pureza moral. É a separação dos padrões imorais da sociedade e aceitação do padrão de Deus. Paulo diz que Deus quer que nós dediquemos nossas vidas a Ele e que nos abstenhamos da prostituição. Da imoralidade sexual, seja em ações, pensamentos ou em palavras.
Em pesquisa realizada entre os jovens evangélicos do Brasil, uma grande porcentagem deles, até 21 anos de idade, tiveram relações sexuais com suas namoradas. Deus quer que vivamos nossas vidas com pureza moral. No verso 4, ele explica que “cada um de vós saiba possuir seu próprio corpo”
Vemos aqui que Paulo nos alerta quanto a pureza moral não somente para a mulher, mas também para o homem.

Maturidade
José não tinha idade, mas tinha maturidade. ( Gn. 37:13,14.) Apesar da pouca idade, o pai lhe dava tarefas que exigia responsabilidade... Ao chegar na casa de Potifar, logo lhe deram tarefas que exigiam maturidade ( Gn 39:4 ).

Quais São Os Sinais De Maturidade Na Vida De Um Jovem ?
1-     Seus hábitos pessoais estão acima de qualquer censura.
2-     Subordina seus interesses pessoais ás exigências de seu cargo.
3-     Demonstra elevado censo de lealdade ao seu superior.
4-     Inspira e mantém moral elevada sob condições desfavoráveis.
5-     Sabe manter domínio próprio excepcional quando sob tensão.
6-     Sabe ser independente , tem senso de responsabilidade, é perseverante, é flexível, tem capacidade de tolerar desconforto sem murmuração.

 Quais são os sintomas de Imaturidade ? 
1-     recusa em enfrentar a realidade.
2-     Hábito de alegar razões tolas para justificar comportamento infantil.
3-     Falta de coerência na conduta.
4-     Hábito de fugir de tarefas difíceis.
5-     Acesso de ira em fase das frustrações.
6-     Dependência doentia de outrem.




Saúde interior


Não basta ser cristão, é preciso viver com saúde emocional, mental e espiritual.
O médico descobre o que o paciente tem, através dos sintomas que ele apresenta.
Quais seriam alguns dos sintomas que evidencia “um coração doente”. Em Ef. 431 e Fl. 4.6,811, Paulo nos ajuda a compreender estes sintomas e como viver a vida com “saúde interior”.

Amargura – Esta palavra aparece três vezes no NT, aqui em Atos 8.23 e Rm. 3.14, significa uma disposição dura, maliciosa, inclinada ás contendas. Muitas pessoas ficam amarguradas devido ás experiências da vida, pela derrota, pelo desapontamento, vivem a manifestarem formas de amargura e ressentimento, como uma espécie de auto-defesa; mas não demora que tal atitude se torne parte permanente de seu caráter.

Cólera- Explosões de ira. É uma das manifestações de egoísmo, mediante o que o indivíduo ataca seus semelhantes, quando não consegue as coisas do seu jeito. Em qualquer situação, tanto a cólera como a ira podem resultar de um espírito amargurado.

Ira- Temos aqui um ódio profundamente arraigado, que resulta em explosões periódicas de cólera. Devemos pensar aqui em um sentimento duradouro, em que o indivíduo não perdoa a outrem, tomando uma atitude diametralmente oposta da longanimidade e a bondade.

Blasfêmeas- Neste ponto não devemos pensar em declarações ‘Heréticas”, mas sim, em termos gerais, palavras injuriosas. Tal  vocabulário é usado para indicar injúrias proferidas pelos homens contra Deus ou contra seus semelhantes, trata-se da calúnia e da suspeita maligna.

Malícia -No grego significa maldade, depravação, iniquidade, vício, mas que tem aqui, particularmente, o sentido de má vontade, malignidade, malícia. Tal atitude tem várias manifestações..

Ansiedade- Fil (4.6) Esta palavra pode ser definida como um sentimento íntimo de apreensão, mal estar, preocupação, angústia ou medo, acompanhado de um despertar físico intenso. Ela pode surgir como uma reação a um perigo específico identificável, ou em resposta a um perigo imaginário com a expressão “angústia vaga, flutuante”. A  ansiedade manifestada através da aflição e angústia é resultado de um afastamento de Deus.

  Poluição mental- (Fl.4.7,8; Tt.1.15) Tudo começa na mente; todos os homens que viveram uma vida de excelência, ganharam a batalha na mente e mantiveram cativos seus pensamentos corretos. Você é aquilo que pensa (Pv.23.7), “Pois como imaginou em sua alma, assim é”.
As ações  que vão saindo de dentro de nós, são exatamente nossos pensamentos que foram entrando.

Descontentamento- ( Fl. 4.11) A insatisfação crônica, é um dos sintomas que mostra o quanto uma pessoa está doente no seu interior. O descontentamento é a ausência de espírito de gratidão.

TRIBULAÇÕES :

As tribulações nos são necessárias.
 Têm propósitos positivos em nossas vidas; Veja como isto fica claro quando o Apóstolo Paulo nos diz: “E não somente isto, mas nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência; e a paciência a experiência, e a experiência a esperança”.

E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.  Paulo sabia que as aflições redundam em benefícios.

As nossas tribulações:
- Promovem a glória de Deus ( Jo11.3,4;21.18,19).
- Nos ensinam a vontade de Deus ( Salmo 119.71).
- Nos fazem voltar para Deus  ( Dt.4.30.31).
- Nos purificam ( Jó 34.31,32; Is 10.20).
- Nos fazem buscar mais ao Senhor ( Lm 2.17-19).
- Nos convencem do pecado ( Salmo 119.67).
- Nos conduzem a confissão de pecado ( salmo 32.4,5).
- Nos lapidam ( Isaías 48.10; Zc 13.9 ).

  
  Namoro


 Existe Amor a primeira vista ?
Não creio que exista Amor a primeira vista. Penso que pode haver uma atração a primeira vista, que através da aproximação e conhecimento se tornará em ‘amor”. O amor é como uma semente que se planta, e na proporção que vamos regando, cuidando ele vai crescendo e produzindo os frutos da felicidade.

Qual a diferença entre Amor e Paixão ?

Amor-  É algo que cresce e se desenvolve, baseia-se no compartilhar mútuo, concentra-se em uma pessoa como alvo, caracteriza-se por segurança e confiança, compreende que o físico é uma parte do amor; há respeito mútuo; seus ideais  baseiam-se  na realidade de suas personalidades e possibilidades; O amor nos leva a crescer, conhecer-se e ajustar-se, ajudando-se e buscando o melhor um para o outro.

Paixão
É repentina, aparece num momento, baseia-se na satisfação egoísta, tem dificuldade em amar uma só pessoa; caracteriza-se por insegurança e ciúmes; acha que o físico é o centro e o mais importante.
Há exploração e manipulação mútua, ou por um deles; seus ideais baseiam-se em fantasias; as emoções são inconstantes. Sentem amor e repúdio, uma vez ou outra; há uma competição para ver quem tem a última palavra.  Um exemplo  de paixão citado  na Bíblia, é o sentimento de Amnom, filho de Davi por sua meia-irmã Tamar. ( II Samuel 13.1-19 )   

Qual é a melhor idade para namorar ?
 Existem duas idades:
1-     A cronológica, é aquela que diz quantos anos você tem, contando a partir do dia do seu nascimento.
2-     A mental, esta tem a ver com maturidade. Não basta Ter idade cronológica, mas Ter maturidade .
O melhor tempo para namorar, é quando houver maturidade para assumir compromisso com responsabilidade.
“Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu “              ( Ecl. 3. 1 ), “Há tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar”

O namoro iniciado muito cedo:
- É um condicionante de ciúmes desmedidos.
- É um estimulante poderoso para a prática sistemática da masturbação.
- É também um estimulante poderoso de pensamentos perdidos e que se lançam nos céus da paixão.

Namoro muito prolongado :
Tanto o namoro prematuro, como o demorado são prejudiciais. No segundo caso, na maioria das vezes, os apaixonados entram num “ponto de tensão“ tão grande pela expectativa do casamento, se entregando ao ato conjugal antes do casamento.
Portanto a melhor posição a ser assumida é atender a voz da sabedoria ( Ecl. 3.5).

Mas como esperaria eu o tempo?

A Bíblia responde de duas maneiras:
( Lamentações  3.27a 29)
 Salmos 119.9)

“ Ficar ”, é uma atitude correta a luz da Bíblia ?
Ficar não é interessante, porque é um relacionamento superficial, perigoso, sem compromisso e responsabilidade. Nossos jovens não podem assumir a postura daqueles que não tem compromisso com Deus e sua Palavra  ( Rm. 12. 2)
Os jovens que desejam edificar sua vida, seu futuro em bases sólidas, jamais aceitam um relacionamento sem compromisso e responsabilidade. Quando a Bíblia diz “ninguém defraude a seu irmão...”a palavra defraudar tem o sentido de tirar proveito de ...”( 1 Ts. 4.6 ) Ninguém gosta de ser usado como objeto e depois descartado.
O jovem  que age de modo leviano está   fazendo um grande mal ao que foi iludido e a si mesmo, pois estará formando dentro de si um caráter fraco e sem nobreza.( Pv. 5.1 a 12 )
Valorize a você mesmo, não aceite um compromisso que Deus não aprova para você.( Hebreus. 12. 8 a 11, Prov. 26.18 a19 )

Tem que ser resultado da oração de um coração submisso ao Senhor ( Gn. 24:12-15)
Nossos Jovens  de certa forma, desaprenderam a orar. O que aconteceu com o profeta Jonas, está acontecendo com nossos jovens. O profeta só orou depois que estava no fundo do mar, do abismo. ( Jn. 2.2) Consultar a Deus deve ser a primeira coisa a fazer quando se trata de decisões e escolhas.

Submeter a escolha  á direção de Deus
Deus tem prazer em guiar aqueles que se submetem á vontade dele. quando somos guiados pelo Senhor, mesmo estando no vale da sombra da morte, teremos segurança Nele que estará nos protegendo, pois caminhamos no centro da sua vontade.
De todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos”. ( Salmo 119.10)

Tem que ser gente da família dos remidos.( Gn. 24.4)
Talvez esta seja uma das questões mais discutidas entre jovens cristãos hoje. “porque não posso namorar uma pessoa não evangélica “?

O que é jugo desigual ?
Vamos começar pelo que não é.
Jugo desigual não é casamento ou namoro de uma pessoa branca com uma pessoa negra, ou de um rico com um pobre, ou de uma pessoa com curso universitário e a outra sem formação alguma.
 O apóstolo Paulo deixou claro o que é.
E quando uma pessoa  “nascida de novo e comprometida com Jesus “se une a uma pessoa que não nasceu de novo e consequentemente não tem compromisso com Jesus. O texto de (2Co. 6.13-18 ) “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque a sociedade tem justiça com a injustiça? E que  comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel; E que consenso tem o templo do Deus vivente, com o seu deus,e com seus  ídolos ? Porque vós sois o templo do Espírito Santo, como Deus disse : Neles habitarei, e entre eles andarei; e Eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo . É impossível haver harmonia de sentimentos, pensamentos e vontade se os dois não estão seguindo o mesmo Senhor “Jesus” .
 Temos  visto muitas vidas serem arruinadas por desobediência a este princípio básico da Palavra de Deus. ( Amós 3.3)  “Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo ? “.


Se eu  namorar ou me casar com uma pessoa crente , o meu casamento estará seguro, e com certeza serei  feliz ?
A Bíblia ensina que um crente não deve colocar-se em jugo desigual com o incrédulo. Entretanto , é um erro pensar que, ao casar com uma pessoa crente todos os problemas estarão solucionados. Alguns casamentos de pessoas descrentes, infelizmente  são melhores do que alguns casamentos cristãos, O fato de ambos serem crentes não garante que o casamento será um “ mar de rosas”. Precisamos compreender que além deste pré-requisito principal , há outros pré-requisitos importantíssimos. Entender as diferenças de personalidade, sistemas de valores, pontos fracos e fortes da outra pessoa e interesse são alguns deles. Ás vezes os dois são crentes mais a base do casamento foi a atração física. Assim a paixão romântica manipulou as emoções resultando em
decisões precipitadas.

Quando o namoro pode ser prejudicial ?

O namoro prejudica quando não tem um ideal:
Quando dois jovens começam a namorar, isso não significa absolutamente que irão se casar. Mas deve significar, pelo menos, que eles pensam em se casar.

O namoro sempre prejudica quando é indisciplinado .
A autodisciplina é algo fundamental na vida cristã.
- Saber a hora de chegar e sair da casa da namorada.
- Evitar lugares solitários
- Submeter-se á disciplina paterna é agradável a Deus e útil para a instrução ( Hebreus 12.8a11)

Porque o aconchego excessivo é prejudicial no namoro ?
Porque o aconchego excessivo leva ao abrasamento, e é impossível um homem e uma mulher abrasados, com o tempo não chegar ao ato sexual, que é pecado entre casais de namorados.

O namoro prejudica quando descamba para a impureza moral:
A advertência do apóstolo Paulo á Timóteo, deve ecoar em todos os corações desejosos de fazer a vontade de Deus, numa vida que não entristeça o Espírito Santo, por causa da imoralidade.         ( II Tm 2.22)

O que é impureza ?
Todo processo de infiltração da impureza no namoro começa no aconchego excessivo.
O homem é excitado pelo que vê ou toca, mas a mulher é muito mais pelo que ela ouve.
É nesse ponto que o processo de impureza começa a germinar.
( I Coríntios 7.9 )
Parece que a valorização da pureza está sendo minimizada, inclusive dentro da Igreja.
Muitos jovens têm a idéia de que se, simplesmente não chegarem a consumação do ato sexual, o resto “ vale tudo”.
A moça pensa: “Se eu não entregar meus lábios, sensualmente, nem render meus seios ás apalpadelas e aos beijos, recusar o toque nos meus órgãos genitais e certos movimentos eróticos com meu namorado, está tudo bem. Esquece-se, no entanto, que o homem é um ser deveras excitado. Se um homem se abraçar sensualmente a um “poste de ferro”, ele acabará se excitando. Quanto mais se ele abraçar a moça que ama, bonita e convidativa.
As manifestações do desejo sexual são comumente  destituídas de racionalidade. Um ser humano abrasado não raciocina.
O conceito de Deus sobre a jovem que entrega o seio, para ser utilizado como elemento de excitação sexual, é nos revelado em Ezequiel 23.3 : “Estas se prostituíram no Egito; prostituíram-se na sua mocidade; ali foram apertados os seios e apalpados os seios da sua virgindade.”
O pior é que o pecado de entregar os seios é chamado de prostituição.
É impossível para um casal que liberou o uso dos seios para maior prazer no relacionamento, permanecer apenas nessa prática, pois o diabo com certeza  os incitará a ir mais adiante.

 Tem que ser gente que tenha beleza de caráter.

“Caráter é o que o homem é no escuro”( D. L. Moody).

Não é difícil ser piedoso dentro de um ambiente evangélico, difícil é ser piedoso no “Egito , longe da família, da igreja, fiel a Deus em terra estranha, nunca devemos nos esquecer disso. “Não é o ambiente que faz a pessoa, mas a pessoa cheia do Espírito que faz o ambiente“.
O caráter é um conjunto de hábitos. Podemos citar vários jovens na Bíblia que tinham hábitos agradáveis ao Senhor:
 Daniel, Sadraque, mesaque, abdenego, José.
 Na vida de todos eles ficou patente que o alicerce de seu caráter era constituído de hábitos de pureza de longa data.
 Daniel com seus hábitos de temperança; serviram-lhe como uma âncora inamovível  quando tentado a compactuar com as extravagâncias da mesa real. Nem Daniel nem seus companheiros de exílio precisavam decidir á última hora qual seria o curso de ação a tomar em face de um culto idólatra, Tais decisões tinham sido tomadas com muita antecedência, e consolidadas por longos anos de habitual fidelidade a Deus, e não seria o pânico do instante supremo que os faria buscar refúgio numa adoração fingida a um ídolo pagão.

A vida de José foi muito mais marcada por dureza do que por facilidades.
Porém sobretudo uma vida marcada pela benção do Senhor.
José foi testado na hora de resolver problemas de ordem sexuais. ( Gn. 39:7;2 2Tm. 2:22)

O caráter de José possuía profundidade.

Até o dia em que fugiu da mulher de potifar, desconhecia-se a profundidade do caráter de José , em condições normais José seria conhecido como mordomo fiel. Podia ser apenas na aparência para agradar seu amo. Numa emergência entretanto ficou patenteado que seu caráter possuía profundidade.

Guarde isto: José foi elevado a governador do Egito porque preferiu o calabouço em vez da cama perfumada da mulher do patrão.
Deus tem compromisso com gente assim.

Fique esperto o diabo sempre vai procurar atingir seu ponto mais forte. A pureza moral de José era a fonte do seu poder.
Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua  Palavra”. (salmo 119.9) .

 Namoro a três !

Nossa tendência é catalogar coisas que achamos que são espirituais e as que achamos serem do dia a dia.
 Por  exemplo, muitos acham que participar da escola bíblica é atividade espiritual, mas não pensam que conversar com o namorado, comer uma pizza juntos possa ser atividade espiritual.
“Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus. ( 1 Co.10:31). 
Os momentos de oração, de compartilhamento da ação de Deus em nossas vidas , e a leitura da Bíblia juntos, devem fazer parte constante de um namoro ; para dar forças nas horas de tentações que os dois jovens têm, especialmente no controle dos impulsos sexuais e no relacionamento físico no namoro. O período de namoro e noivado é importante para formar um alicerce  para um casamento feliz.

Quando o namoro está afetando a comunhão na igreja.
Jovens assíduos ás reuniões da Igreja, de repente, começam a se ausentar em consequência de atribuirem ao namoro importância prioritária.
Todo namoro que impede a comunhão com a Igreja, o compartilhar fraterno, tanto em frequência , quanto em proibições decorrentes da possessividade e do ciúme, não continuará sadio e nem com a aprovação de Deus.( Hebreus 10.25)

Sugestões para ajudar um namoro neste sentido:

·         Desde o início do relacionamento planejem atividades em grupo. Isto é, evitem longos períodos a sós. Colocando-se em situações onde seus impulsos sexuais seriam estimulados demais.

·         Estabeleçam regras de conduta coerentes com princípios bíblicas. Por exemplo, sejam francos quanto ao relacionamento físico. Ás vezes, as carícias estão sendo excessivas e há defraudação.
·         Coloquem a Bíblia como regra de fé e prática. Isto quer dizer que iram estuda-la juntos e procurar aplicações práticas.

·         Desenvolvam um espírito de louvor e adoração. Serão momentos entregando uma certa atividade a Deus, ou louvor por uma vitória.

·         Procurem Ter comunicação aberta. Um dos maiores problemas em um namoro, é a falta de comunicação ou comunicação não aceitável; gritaria, silêncio , nas horas em que se deveria conversar.

·         Procurar ler bons livros sobre namoro, comentando juntos as experiências adquiridas através deles.

 Vencendo as tentações.

“Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar” ( I Co 10.13)
Tiago diz que “cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz”( Tg 1.14)
Logo a tentação, é fruto das coisas que o jovem cobiça.
Ninguém é tentado por algo que não lhe provoque desejo. Sendo assim a tentação é a confrontação de algo proibido que o jovem deseja na sua carne. A qual guerreando contra a lei na sua mente, o faz prisioneiro da lei do pecado que está nos seus membros . Isso se o jovem se deixar seduzir  por sua própria cobiça, que depois de radicada no coração, dá á luz o pecado.
Em Efésios 6.12 Paulo nos fala sobre a nossa luta contra os principados e potestades.
Então em toda tentação estamos confrontados com duas forças:
A primeira, segundo Tiago, é a força da nossa cobiça. A Segunda, de acordo com Paulo, a força espiritual, do diabo e seus agentes de seduções e sugestões.
Deus no entanto não nos deixa sós nesta luta, Ele provê os meios pelos quais saiamos invictos e inabaláveis desta guerra.

1- Jesus disse “vigiai e orai para que não entreis em tentação; o espírito na verdade está pronto, mas a carne é fraca” ( Mt. 26.41)
Ser tentado não é pecado, o pecado está em aceitar no coração a sugestão pecaminosa da tentação. ”Tiago diz “sujeitai-vos portanto a Deus,  mas resisti ao diabo e ele fugirá de vós.”

2- Jesus disse : Orai. Os apóstolos pediram a Jesus: Senhor ensina-nos a orar. Poucos cristãos oram diariamente.

Vejamos quais atitudes devemos Ter ao orar:

- Reconhecendo o próprio pecado em quebrantamento diante de Deus.

-  Confiando no fato que Deus derramará sobre você o seu Espírito Santo, o qual irá capacitá-lo a viver vitoriosamente ( Lc 11.13)

- Dependendo da intercessão do Espírito Santo por nós . ( Rm 8.26 e 27)

- Achegando-se, confiante, junto ao trono da graça, a fim de receber misericórdia e achar graça  para socorro em ocasião oportuna ( Hb 4.16 )

- Recebendo  o perdão dos pecados ( I Jo 1.9 )

- Agradecendo, porque, em todas as tentações, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou” ( Rm 8.37 )

- Diariamente, ( Ef. 6.18)

3- Jesus disse a carne é fraca.
A razão do fracasso da maioria dos jovens é que querem vencer as tentações estando e   confiando na carne. ( II Co 10.3 a 5 ,  Rm 8.4 ).
Quando o jovem pensa que pode vencer apenas na força da sua própria carne está enganado.
 ( Rm. 8.8).
A resposta está em : ( Rm 13.14, Ef 4.24 )


4- Ocupar a mente: ( Cl 4.8 e 9 )
Domínio Próprio

·         “ Domínio próprio é a conquista diária, em que as pequenas vitórias de hoje preparam as vitórias maiores de amanhã”
·         “O mais poderoso conquistador é aquele que conquista a si mesmo”
·         “Aquele que é escravo das paixões e instintos nega sua liberdade. Não é livre, nem de fato, nem de direito. Submetendo-se ao domínio da natureza inferior, abdica sua realeza e sua filiação”.

O que o jovem faz com seu corpo, não é brincadeira. O mal uso  dos dons sexuais pode trazer marcas com conseqúências absolutamente destrutivas para o resto de sua existência.
Com frequência vemos na Bíblia impérios ruindo por causa de um pecado sexual a semelhança de Davi, nação destruída por causa do pecado sexual de Salomão.     
Foi uma terrível tragédia para um homem como  Sansão, ser subitamente  reduzido a escravo de seus piores inimigos, forçado a moer no cárcere como um animal de carga. A queda final foi realmente súbita, mas os passos que levaram até ela foram graduais e abrangem toda uma vida.
É a historia tantas vezes repetida, de alguém que jamais alcançou domínio próprio e por isso, não pode reter permanentemente o domínio sobre seus inimigos.

Lembra-nos Alexandre o grande, que conquistou o mundo civilizado em dez anos, mas jamais  conquistou a si mesmo. Morreu em Babilônia aos trinta e dois anos, vítima da bebida.

Como José venceu a tentação ?
·         Venceu na mente: recusou mental e sensualmente qualquer possibilidade de ceder.                ( Gn. 39:8,  1 Pe. 4:1,Fl. 4:8)
·         Manifestou sua recusa verbalmente : ( Gn 39:8, )  
·         Efetivou sua recusa mediante a fuga ( 1Tm. 6:11)


Resolvendo conflitos

Não existe relacionamento isento de conflitos;. Pode haver conflito mesmo com os relacionamentos mais maduros e mais profundos. Os conflitos fazem parte da vida. O problema não são os conflitos em si, mas a maneira lidamos com eles . Todo casal tem opiniões, idéias e comportamentos diferentes que podem trazer conflitos.
Muitos casais se consideram bem sucedidos em conseguir evitar qualquer confronto com um conflito no namoro, noivado, ou casamento. A frase “deixa pra lá, dá idéia de que o problema não é significante o suficiente para ser resolvido; ou também, a  pessoa envolvida tem medo de criar
desagrados ou encrencas no relacionamento. Portanto ao surgirem conflitos, um ou ambos usam um meio de evitarem um confronto direto, esperando que o problema desapareça. As vezes o assunto é trazido á tona, em meio a conversa uma das partes  começa a chorar, ficar  em silêncio, ignorar o seu parceiro, gritar, ou perder o controle , ficar emburrado, demostrando sua raiva com demonstrações  físicas.
Tudo isso tem tendência a cortar as linhas de comunicação e a construir enormes barreiras entre o casal para não conseguirem resolver o conflito. Ë preciso Ter honestidade, coragem para enfrentar e procurar resolver o problema.

Para resolver qualquer conflito em seu relacionamento é preciso:

1-     Ser um bom ouvinte e não responder enquanto a outra pessoa não terminar de falar ( Tiago 1:19; Provérbios 18:13).
2-     Escolher a melhor hora para conversar ( Provérbios 15:23).
3-     Procure identificar e definir o problema básico.
4-     Defina as áreas de concordância e discordância.
5-     Identificar ( sinceramente ) a sua contribuição ao problema.
6-     Dê algumas sugestões de como você pode mudar sua atitude ou comportamento para ajudar na solução do problema.( Romanos 12; 2 )
7-     Orem juntos, confessando a sua contribuição ao problema e pedindo a orientação de Deus e graça suficiente para operar mudanças em sua vida.
8-     Procurar a orientação do seu pastor ou conselheiro; Para uma confissão e para que orem juntos. ( Tiago 5:16)

A Palavra de Deus nos alerta a permanecermos inabaláveis.
O que Paulo disse  ao jovem Timóteo, pode ser transportado para os nossos dias  da seguinte forma: “Tú porém. A despeito de toda doutrina falsa existente, tens seguido a minha doutrina e o meu modo de viver, e também o meu propósito,  minha fé , a minha paciência, o meu amor, a minha persistência e as minhas perseguições e os meus sofrimentos ... Os homens iníquos e charlatões, enganando a outros e a si próprios sendo enganados ainda irão de mal a pior. Tú, porém,  não deve ir além ou aquém, nem desviar-se para qualquer outra direção diferente do meu ensino, porque isso seria um retrocesso, e não um avanço. Pelo contrário fica firme, permanece naquilo que aprendeste, naquilo em que creste, porque bem sabes de quem aprendeste... “.

“ Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé na pureza “  (1 Timóteo 4:12).


Bibliografia :

Jovens- Recuperando valores perdidos ( Pr. Josué Gonçalves )
Antes de dizer Sim ( Jaime Kemp)
Grande Dicionário Larousse Cultural da lingua portuguesa.
Abrindo o jogo sobre namoro ( Caio Fábio )
Bíblia Sagrada.


 Pesquisa : Jussara de Souza Prado.