Arquivo do blog

Postagens populares

domingo, 1 de setembro de 2013

O mau exemplo do pastor

O mau exemplo do pastor

     
         Certo pastor, que liderava uma igreja evangélica (não me pergunte qual), percebendo que a maioria de seus membros usava, no dia-a-dia, a expressão "ave-maria", chamou um diácono e disse-lhe:
       
         — A partir de hoje, observe, durante 15 dias, quantos crentes estão falando "ave-maria". Depois, me passe a soma total, para que eu possa me reunir com tais cristãos e ensiná-los que "ave-maria" é uma expressão que deve ser evitada pelos servos do Senhor.

        O diácono, cheio de energia, prontamente atendeu o pedido do pastor.

        Ao final dos 15 dias de observação, o pastor procurou o diácono, para que este lhe passasse a lista com os nomes dos crentes que estavam falando "ave-maria".


        — E aí, quantos irmãos estão na lista? — perguntou o pastor.


        O diácono respondeu:


        — Dos 150 membros de nossa igreja, 99 falam "ave-maria".


        Surpreso, o pastor exclamou:


        — Ave-maria!


        — São 100 pessoas agora! — finaliza o diácono.


Moral da história: Nunca exija bom exemplo das pessoas, se você não é capaz de dá-las o exemplo exigido.


A Bíblia concorda: Pastores, como o da ilustração supramencionada, e crentes, em geral, deveriam aprender com Jesus. Veja o que Ele disse: "Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também." (Jo 13.15). O apóstolo Paulo também adverte os servos de Deus: "Em tudo, te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade, linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós." (Tt 2.7,8).
Publicações sugeridas: