Arquivo do blog

Postagens populares

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Será que estou disposto (a) ?



 
Ezequiel cap. 22.30: "Busquei entre eles um homem que tapasse o muro e se colocasse na brecha perante mim, a favor desta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei".
 
Deus havia escolhido um povo que levasse o seu nome entre as nações, um povo sobre qual Ele seria Senhor, a quem ele os sustentaria e os levaria ao lugar que Ele havia determinado. Quando lemos o cap. 22 ou todo o livro vemos que povo de Deus estava se corrompendo, prestando adorações a deuses estranhos, praticando violência e assassinatos. Este era um dia triste na história de Israel , quando Deus manda Ezequiel profetizar contra os pecados de Jerusalém, declarando que não haveria outro meio se não castigá-los. Por isso, eu derramei sobre eles a minha indignação, com o fogo do meu furor os consumi; fiz cair-lhes sobre a cabeça o castigo do seu procedimento, diz o SENHOR Deus.(Ez 22.31). Deus buscou entre eles um homem que se colocasse perante ele a favor desta terra, mas a ninguém achou. Os príncipes, sacerdotes, profetas e todo seu povo havia se pervertido, rebelando-se contra Deus. Não havia quem chegasse diante de Deus em favor daquele povo. O pecado de Israel havia feito uma ruptura em seus muros. Não havia quem ligasse a misericórdia de Deus com aquele povo. O seu povo o havia abandonado.
Em nossos dias quando olhamos para esta palavra podemos ver muitos homens e mulheres de Deus que saíram da posição com Deus, pessoas que não tem levado sua vida de conformidade com a Sua Palavra. Deus estava procurando uma homem que colocasse na brecha, que ligasse a misericórdia de Deus com a necessidade humana, e  Deus no nosso tempo também esta a procura de homens e mulheres que se coloquem na brecha, que levem uma vida de santidade , repudiando o pecado. E será que nós temos sido assim? Será que estamos disposto a nos colocarmos na posição perante Deus?
Quantos não querem deixar o desejo carnal para servir a Deus, quantos deixaram a oração, o estudo da Palavra de Deus para ficarem na frente de uma TV, fazendo coisas que não irão lhes trazer edificação alguma. Como não deveria ser triste para Deus também vendo o povo que Ele havia escolhido deixando-o de lado e prestando honras a outros deuses, praticando perversidades, levando uma vida de infidelidade diante dEle. Deus desejava que seu povo fosse prospero naquilo que eles fizessem, mas o povo estava mais preocupado com os prazeres da carne do que fazer a vontade de Deus. Cada um de nós é responsável diante de Deus por aquilo que fazemos, quando um cristão deixar de orar, de se consagrar a Deus a carne não tem dificuldade alguma para voltar a praticar seus velhos hábitos, suas velhas praticas que desagradam a Deus,nos tornamos desinteressados, infrutíferos e insatisfeitos quando deixamos as coisas de Deus para fazermos a nossa própria.  Na nossa carne não habita bem algum, um cristão jamais poderá servir a Deus na carne. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.( Rm 8.8). Há uma luta constante entre a carne e o Espírito (Gl 5.17). Precisamos orar mais, nos consagrar mais, precisamos buscar a excelência todos os dias da nossa vida, andando no Espírito, vivendo no Espírito. Não podemos deixar que nada tome o lugar de Deus em nossos corações, quantas vezes não pronunciamos Jesus é o Senhor da minha vida, Jesus é o centro da minha vida, mas quando Deus nos pede para abandonarmos algo há um pesar no coração , muita das vezes não deixamos e aí que realmente vemos se nosso coração está totalmente em Deus. Há uma necessidade de renúncia para servir a Deus. Jesus disse: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me. Hoje muitos cristão querem levar uma vida de comodidade na presença de Deus simplesmente querem receber suas bênçãos ,mas não querem compromisso, ou seja querem um Deus que os sirva, mas não querem servir a Ele.
Deus requer de nós santificação, Ele mostra a sua santidade na Palavra em Ezequiel que diz: Vindicarei a santidade do meu grande nome, que foi profanado entre as nações, o qual profanastes no meio delas; as nações saberão que eu sou o SENHOR, diz o SENHOR Deus, quando eu vindicar a minha santidade perante elas(Ez. 36.23). Somos um povo separado para servir a Deus e é necessário que andemos na presença dele com retidão.
O povo estava dizendo que o caminho de Deus não era reto, mas o próprio caminho deles é que não era reto (Ez 33.17). Ezequiel é chamado a repreender o povo,  a mostrar-lhes o quanto estão errados. No entanto, Deus  traria a restauração sobre seu povo, daria a eles um coração de carne , um espírito novo, de desolados que estavam  ficariam fortificados. (Ez. 36.26/35)
Quando dispomos o nosso coração a ouvir a voz de Deus, quando buscamos um concerto da nossa vida perante dele a restauração , a cura, a libertação vem sobre nós, porque dEle que emanam toda fonte de bênçãos, de vida e de graça.
Precisamos ser como Ezequiel na nossa geração, nos posicionarmos na brecha em favor da nossa família, da nossa igreja e da nossa nação.
Deus esta a procura de uma Igreja, de um povo que se comprometa com a verdade, que ande em santidade, que renuncie o pecado por amor a Ele, que busque como lhe agradar, um povo que faça a diferença no seu tempo.
Precisamos melhorar a cada dia, olhe pra você e diga:O que Deus espera de mim hoje?
Que Deus lhe abençoe!
 
                                               
Missionária Janaina Braga Ferr