Arquivo do blog

Postagens populares

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Os gafanhotos Migrador, cortador, devorador e destruidor

Os Gafanhotos - Joel 1.3,4
-Introdução: Na tradução original da Bíblia, o Profeta Joel fala da Locusta do gafanhoto, do Pulgão, da Lagarta que são fases da vida do gafanhoto.
Quem são estes gafanhotos?
O Profeta Joel fala de maneira clara, sobre a ação dos gafanhotos na videira. O CORTADOR vem assolando a videira, ou seja, cortando-lhe as folhas, já o gafanhoto MIGRADOR vem destroçando a videira quebrando-lhe os galhos. O gafanhoto DEVORADOR já age com poder e a força de produção, ela se torna estéril. E finalmente vem o gafanhoto. DESTRUIDOR, e lança a videira por terra, matando-a.
Cada tipo de gafanhoto representa uma legião de demônios que age na vida do homem. Estes demônios agem no patrimônio do homem, destruindo casas, carros, roupas, mantimentos e salários, provocam desastres de carros, aviões, afundam navios, derrubam prédios, matam pessoas, destroem nações, famílias, Igrejas e casamentos e lares.Vamos prender sobre os tipos de gafanhotos de acordo com o profeta Joel:
1- O GAFANHOTO CORTADOR (lagarta):
O gafanhoto CORTADOR mora na lavoura e o agricultor fica desesperado tentando, expulsá-lo, usando todos os meios possíveis e imagináveis para se livrar dele, mas é tudo em vão. A casa do CORTADOR É A LAVOURA; Inseticidas, nenhum outro veneno agrotóxico, nem pessoas tocando-os, nada os tira da lavoura; é uma praga violenta.
O gafanhoto CORTADOR tem o poder de cortar parte do fruto, sempre comendo uma parte, ele tem o poder de "bichar", estragar um pedaço do fruto. O agricultor nunca colhe e o fruto por completo. Você já comeu uma fruta em que parte dela está bichada? Os agricultores têm feito de tudo para se livrarem deste prejuízo, mas a ação do gafanhoto CORTADOR é amainar uma parte da lavoura.
A legião do CORTADOR trabalha 24 horas por dia na vida do homem que não obedece a Deus. Esta legião tem o poder de comer, cortar, "bichar" parte das riquezas, bens e salários, ou seja, de tudo que a pessoa infiel ganha, uma parte pertence a ele. O CORTADOR come através do cigarro, da bebida, dos jogos de azar, de remédios fazendo de sua casa uma farmácia. O infiel sempre gastando parte do seu dinheiro com prejuízos, com coisas que não edificam. Este dinheiro está sendo jogado fora todo mês (Isaías 55.2).

2- O GAFANHOTO MIGRADOR (locusta):
O gafanhoto MIGRADOR é um tipo diferente de gafanhoto, ele já não mora na lavoura, mas voa em bandos, de lugar para lugar, agindo de surpresa, comendo mais um pedaço do fruto. O CORTADOR já tinha levado uma parte, agora chega o MIGRADOR e leva mais um pouco. Este gafanhoto chega à lavoura faz seu serviço e vai embora, "aumentando o prejuízo para o agricultor".
MIGRADOR significa inconstante que não permanece em lugar nenhum, a cada hora está em um lugar diferente. O MIGRADOR vem de tempo em tempo, de mês em mês, de dois em dois meses, de quatro em quatro meses ou talvez duas ou três vezes por ano, mas, quando ele chega, dá um prejuízo de surpresa que a pessoa não esperava. O MIGRADOR chega ao Patrimônio, faz o que tem que fazer e vai embora. Esta legião de demônios trabalha voando por aí, promovendo prejuízo, acidentes de carros, estragando bens e riquezas, forçando o homem a gastar parte do seu salário com despesas inesperadas, mais uma parte do dinheiro que vai embora.

3- O GAFANHOTO DEVORADOR (gafanhoto):
O gafanhoto DEVORADOR, já é um tipo mais violento; quando ele chega à lavoura, o agricultor já não pode mais vender o fruto (produto), porque já está tudo arrebentado, se sobra alguma coisa é de muito pouco valor para vender; este gafanhoto tem o poder de levar o agricultor à falência, o prejuízo é certo. O que ele colhe não vale nada, não há colheita nem para sua própria subsistência.
A legião do DEVORADOR é mais arrasadora do que as duas primeiras legiões, quando estes demônios se manifestam na vida de uma pessoa, eles a deixam passando fome, tomam a casa, o apartamento, a pessoa perde o, sítio, a fazenda, sem nenhuma explicação. A legião do DEVORADOR é tão terrível que em pouco tempo leva a pessoa a uma vida de miséria e dor; eles agem com uma estratégia de encurralar a pessoa numa situação de dívidas, prejuízos, que humanamente falando jamais conseguirá pagar seus compromissos. Quando a pessoa menos percebe o DEVORADOR roubou sua riqueza, anos de trabalho, estes demônios agem com astúcia, envolvendo a pessoa em negócios sombrios, perigosos, e desonestos. Diante dessas trapaças acaba sendo processado, seus bens vão a leilão, intimações policiais começam a chegar a sua casa e por causa das dívidas, é até ameaçado de morte, e ainda fica sem crédito, sem moral, sua palavra não tem valor para ninguém.
Estes demônios fecham todas as portas não deixando a pessoa ganhar dinheiro, e nem arrumar emprego. Tudo que faz é vão; sua esposa e filhos não o querem mais, e vivem pregando por todos os lados que ele não vale nada; estes demônios te levam o homem alcoolismo, à insônia e ao lamento constante. Mas a quarta legião está pronta para atacar.

4- O GAFANHOTO DESTRUIDOR (pulgão):
O gafanhoto DESTRUIDOR é o bando que possui maior poder de extermínio, quando ele chega à lavoura ele arrasa cem por cento, ele tem o poder dos escorpiões, que são capazes de ferir inclusive o agricultor, matando-o com seu veneno. Este gafanhoto não age apenas na lavoura, mas, também no agricultor, na sua casa, destruindo tudo o que pode, até provocando desastres terríveis.
A legião do DESTRUIDOR é assassina. Cumpre o que diz João 10.10, que o diabo veio para roubar, matar e destruir. Esta legião induz, falando ao ouvido das pessoas para se suicidarem, ela é provocadora de desastres acompanhado de morte, é opressora, fazendo muitos pularem de prédios, até mesmo a entrarem debaixo de carros morrendo esmagados, tudo isto por causa dos prejuízos e das dívidas. Estes demônios arrebentam freios de carros levando famílias inteiras à morte, jogando-os em abismos. Os espíritos destruidores tem o poder para provocar desastres de aviões, de afundar navios, de arrebentar com prédios e casas. Onde eles passam semeiam morte, pânico, medo e pavor.
As legiões do DESTRUIDOR usam muitas as intempéries da natureza como: "fogo, tromba d'água, ventania, para exterminar as riquezas do homem". Estes demônios têm o poder de se misturarem na água, no fogo, e no vento. Provocando as mais terríveis destruições e morte que chocam o mundo.
Quando eles agem, normalmente a notícia corre no mundo inteiro, o fato é de tanta repercussão que a televisão, o rádio e o jornal não têm como deixar de publicar estes acontecimentos. Depois que eles agem não se pode fazer mais nada, pois, só sobram cinzas, lama e destroços.
Como vencer estes gafanhotos?
-CONCLUSÃO: Joel 2.25-27
Com FIDELIDADE!!!
O maior desespero dos empresários, é sentir que todo seu patrimônio está sendo consumido a cada dia que se passa, culpa o governo, culpam o sistema econômico. Mas a verdade é que essas quatro legiões de demônios estão agindo 24 horas por dia empresas.
O CORTADOR usa empregados desonestos e preguiçosos para ir a todo o momento semeando prejuízos,
o MIGRADOR que de tempo em tempo leva através de fatos esporádicos uma boa parte do lucro,
o DEVORADOR leva a empresa às dividas desmoralizando seu nome, seu crédito, não pagar nem o salário dos empregados.
o DESTRUIDOR incendeia empresas matando funcionários e deixando todo o patrimônio em cinzas leva seus donos ao suicídio ou a loucura.
Muitas vezes se pode sentir como o ambiente de trabalho é carregado destes demônios, eles estão ali olhando para as pessoas e para o produto que está vendendo ou construindo. Eles têm fome de riquezas; o alimento desses demônios são os bens e dinheiros das empresas.
COMO VENCER ESTES DEMÔNIOS?
Como proteger nossos bens, riquezas e salários das quatro legiões?
“DIZIMO” e “OFERTA” são o remédio de DEUS!
O único poder capaz de repreender estas quatro legiões, chama-se Dízimo e oferta. Deus ensina em sua palavra que todo homem que se torna dizimista fiel, estes demônios ficam impedidos de agir em seu patrimônio, bens, riquezas e salários. Os dízimos são as "Correntes de Deus" capazes de amarrar estas quatro legiões.