Arquivo do blog

Postagens populares

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Ideias e sugestões para grupos de estudo bíblico de jovens

 

Escrito por carolyn scheidies | Traduzido por joão marcos lima medina rosa
Ideias e sugestões para grupos de estudo bíblico de jovens
Termine todo estudo bíblico com uma oração
Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images
Grupos de estudo bíblico de jovens podem ser formados a partir de vizinhos, amigos ou colegas de trabalho que tenham interesses em comum ou como parte do evangelismo de uma igreja. Aqueles que participam de estudos bíblicos caseiros fazem isso por diferentes motivos. Entre eles pode se incluir o desejo de aprender o básico, se aprofundar mais na Bíblia ou obter companheirismo com outros Cristãos. Esse estudo precisa ser coerente com aqueles que regularmente o procuram.

Quebre o gelo

Comece o seu estudo bíblico com um jogo ou atividade para deixar todos confortáveis entre si. Peça que todos falem seus nomes e sobre um fato incomum deles, sobre o porquê de eles terem procurado um estudo bíblico, o que eles fazem para viver ou sobre suas famílias. Dê a eles pequenos papéis com nomes de personagens da Bíblia, pedindo que outros façam perguntas de sim ou não até que alguém as acerte. Providencie uma referência bíblica para o personagem, de maneira que a pessoa possa procurá-lo na Bíblia se quiser.

Profundidade do estudo

Descubra sobre as pessoas o quanto elas sabem sobre a Bíblia. Você pode ter um grupo de pessoas que sejam Cristãs há anos, que têm estudado bastante a Bíblia e desejam ir ainda mais fundo na palavra de Deus. Esse grupo deve desejar aprender mais sobre grego e hebreu para um conhecimento posterior. Você pode ter um grupo de pessoas que tenham pouco conhecimento bíblico e que sejam novas na fé. Esse grupo precisará aprender o básico sobre a fé, princípios bíblicos e histórias. Você também pode ter um grupo que fique entre esses dois, que deseja estudar a Bíblia, mas também se confraternizar com outros Cristãos. Foque esse grupo no desenvolvimento de relacionamentos.
Assunto do estudo
Discuta com aqueles que frequentam o estudo regularmente o que desejam estudar e seus objetivos com o estudo bíblico. Grupos diferentes podem escolher diferentes métodos ou tópicos de estudo. Alguns grupos devem desejar estudar os personagens individuais da Bíblia. Outros podem fazer estudos sobre assuntos teológicos como salvação, graça, a realidade de milagres ou não, ou sobre o que a Bíblia diz sobre assuntos contemporâneos como o casamento, meio-ambiente e vida. Você pode estudar textos-chave das Escrituras, perguntando "O que ele diz?", "Qual o seu contexto?" e "Que diferença ele faz em minha vida?".

Orem juntos

 
Aqueles que frequentam os estudos bíblicos com frequência normalmente se tornam amigos íntimos. Reserve um tempo durante cada estudo para aqueles que desejam compartilhar pedidos de oração, situações e necessidades de suas vidas e na vida de suas famílias, amigos e colegas de trabalho. Liste os pedidos de oração e peça a um voluntário para orar especificamente por aquela necessidade. Você também pode orientar que os participantes orem se se sentirem tocados. Quando todo mundo terminar, ore sobre os pedidos que não foram feitos e abençoe aqueles que assim pedirem. No começo do estudo bíblico, faça um compromisso de que os pedidos ficarão dentro do grupo de estudos e não serão comentados em nenhum outro lugar.

Comunicação

Para um encontro de jovens focado em comunicação, os adolescentes podem jogar o "Pocket Ungame - versão de jovens" da Talicor. Pocket Ungame é um jogo não competitivo de cartas focado na comunicação e no compartilhamento. As cartas têm perguntas que os jogadores podem responder ou pedir que outra pessoa responda. Outra ideia é dividir os adolescentes em três grupos de dois. Dê a cada time uma fruta específica - uma maçã, um limão ou uma laranja - e vede os olhos de uma pessoa de cada grupo. O jogador vedado precisa andar até uma mesa coberta de maçãs, limões e laranjas e tentar pegar a fruta do seu time. Seu colega de grupo deve se comunicar com ele e o direcionar para a fruta certa, trazê-la de volta e deixá-la na cesta do time. O grupo que conseguir pegar mais rápido suas frutas ganha.

Noite de jogos

Organize uma noite de jogos para um grupo jovem. Um jogo que os adolescentes podem jogar é "Bible Mad Gab Card Game", da Talicor. Cada carta em Mad Gab tem três charadas com palavras sem sentido, que quando lidas rapidamente formam uma frase. Um jogador deve ler as charadas em voz alta para seus colegas de grupo enquanto eles tentam acertar as frases corretas. Outro jogo é "Scattergories - Bible Edition", da Talicor. Os jogadores lançam um dado com letras e depois devem preencher uma lista de categorias da Bíblia com palavras que começam com a letra que o jogador tirou.

Competição e desafio

Você pode se focar em ensinar adolescentes sobre competição amigável e desafios. Encha um balão para cada pessoa. O jogador que conseguir manter o balão flutuando por mais tempo ganha o jogo. Os jogadores podem usar apenas uma das mãos para manter o balão no ar; a outra mão deve ficar atrás das costas. Eles podem tentar derrubar os balões dos outros no chão. Outra ideia é levar o grupo de jovens para jogar mini-golfe. Divida os adolescentes em grupos que combinem seus níveis de competitividade. Por exemplo, meninas de ensino médio podem formar um grupo e meninos de ensino médio podem formar outro.

Trabalho em equipe

Alguns jogos para jovens se focam no trabalho em equipe. Divida jogadores em times de dois e dê para um membro de cada grupo um copo cheio de mini marshmallows . O outro membro do time deve ter um copo vazio. Os jogadores com os marshmallows devem tentar jogá-los para seus parceiros e seus parceiros devem tentar pegá-los com seus copos vazios. O time que trocar de marshmallows mais rápido ganha o jogo. Outra ideia é tentar colocar um percurso de obstáculos e dividir os jogadores em grupos de três. Dois parceiros dão as mãos, enquanto o terceiro senta-se em cima delas. Os dois parceiros de mãos dadas devem carregar o jogador sentado através do percurso de obstáculos.