Arquivo do blog

Postagens populares

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Tempo do Fim: tempo de Restauração e Santificação para a NOIVA DE CRISTO

 


Rogo-vos pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto espiritual.  2. E não vos amoldeis ao sistema deste mundo, mas sede transformados pela renovação das vossas mentes, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus
Romanos 12: 1-2

Entramos em um novo ano no qual aquele que se considera pertencer à Igreja Noiva de Cristo deve se dedicar ainda mais à santificação. Cada dia mais a volta de Jesus se aproxima e o tempo que nos resta para que a Palavra de Deus se torne um poder real e transformador em nossas vidas se esgota. Precisamos passar pelo poder transformador do oleiro este barro tão cheio de impurezas que se chama Igreja, para que Deus nos faça sua imagem e semelhança.
O Oleiro e o Poder Transformador do Evangelho
A classe evangélica precisa ser moldada pelo Espírito e pela Palavra, os únicos capazes de transformar até o mais vil pecador em um vaso honroso, criado para a glória de Deus.
Renovar o agir e o pensar, não segundo filosofias mundanas, mas segundo os ensinamentos do Evangelho de Cristo, deve ser prioridade na vida de todo crente, quanto mais vemos que se aproxima a volta do Senhor Jesus.
Seguir a santificação e a paz com todos é mostrar a Deus e aos homens que o Evangelho transcende das palavras para a nossa vida cotidianas e nos torna aptos a participar do Arrebatamento e sermos um fiel cidadão celestial. 
Afinal, diz o apóstolo Paulo em Hebreus: Sem a santificação ninguém verá a Deus(Hebreus 12).
Que 2014 seja, para você, crente em Jesus Cristo, um ano de renovação na fé, para que ela ão seja morna e nem fria, como a dos crentes de Laodicéia. Ao contrário, a fé verdadeira deve ser efervescente, na temperatura máxima do amor, da paz e da obediência ao Evangelho de Cristo.
Laodicéias do século 21
Leia a Bíblia Sagrada para ser sábio, e peça a Deus o colírio que abriu os olhos dos crentes de Laodicéia, em Apocalipse 3. Ali encontramos o quadro profético de uma igreja que se afasta dos fundamentos dos apóstolos e do evangelho. Laodicéia é o retrato triste e miserável de uma igreja quando perde a Graça e os ricos valores da Palavra de Deus, ficando empobrecida, nua, desprovida da cobertura do Espírito Santo e a ponto de ser vomitada da boca de Deus. Nelas Cristo está lá fora, batendo à porta de seus corações, esperando que lhe dêem a oportunidade de falar aquilo que elas precisam ouvir para serem salvas realmente. 
Quantas Igrejas, como Laodicéia, pensam agradar a Deus, quando, na verdade, Jesus Cristo não está mais em seus púlpitos nem na direção de religiões que não passam de grandes centros comerciais de almas e de homens. Em seu infinito amor, Cristo ainda trabalha para resgatar as “laodicéias” do século 21.
Por isso, Siga somente a Jesus e seu Evangelho; não siga homens, não siga denominações. Somente Jesus Cristo Salva e esse direito ele não outorgou a homens ou a organizações religiosas, por muito boas que pareçam aos seus olhos. 
Que 2014 seja para você um ano de renovação, santificação e preparação para o arrebatamento da igreja. Não se torne um "inimigo da Cruz" como Laodicéia, que preferiu abraçar a teologia da prosperidade e não o Evangelho de Cristo. Para eles, serem ricos e não terem falta de coisa alguma é o que lhes bastava para se considerarem "aprovados por Deus". Não incorra no mesmo erro de Laodicéia, pensando que uma situação financeira estável seja sinônimo de bênção ou aprovação de Deus. Antes, abra seu coração e deixa Cristo te preparar e te ensinar com Palavras de Verdade e não com falsos evangelhos. Para os que ficarem para trás, no arrebatamento, só restará o pranto e o ranger de dentes. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que o Espírito Santo nos diz. - Pr. Wagner Cipriano