Arquivo do blog

Postagens populares

domingo, 15 de abril de 2012

Salvando sua família da destruição II



Salvando sua família da destruição II

 

4. Os filhos e a responsabilidade dos pais

A Bíblia nos ensina que os filhos são herança do Senhor. "Herança do SENHOR são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão" (Sl 127.3).
Então eis mais uma razão para sermos fieis segundo a Bíblia ensina na educação das crianças.Hoje em dia existe muitos métodos humanos para seguirmos diante da criação dos filhos.Claro que o homem/mulher de Deus precisa obedecer só uma regra viável para esta tarefa. A Bíblia sagrada. Olhamos e podemos perceber que outras religiões levam a sério esta área de sua família.Na maioria delas os filhos divulgam o que aprenderam através da religião de seus pais.Por isso a Bíblia nos ensina:"Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma"(Pv 29:17).                                                                         A correção não é simplesmente praticada com a vara , mais com o temor que este deve adquirir dos pais. Volto a dizer temor não e ter medo e sim respeito diante dos pais.Na maioria das famílias os pais querem deixar esta responsabilidade da educação dos filhos para a igreja. Não é isso que a Bíblia ensina. A igreja tem a parte de instruí-los também mais Deus colocou esta responsabilidade pessoal nas mãos do pais "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele"(Pv 22.6).


Hoje estamos sendo alvejados pela mentira e por uma enxurrada de coisas malignas dentro de nossas casas. Através dos meios de comunicação o diabo tem destruído muitos pequeninos dentro de seus próprios lares. A TV tem sido a babá de muitas crianças.A internet uma grande aliada a situações que muitos pais desconhecem. O cuidado precisa ser redobrado com estes meios de comunicação que hoje é uma benção nas mãos de quem sabe usar , mas também pode ser um meio de satanás ficar mais próximos de nossas crianças se realmente não estivermos atento ao crescimento destes.Deus sempre se preocupou com estes fatores familiares e disse ao seu povo:"Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração;tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te"( Dt. 6.6-7).

Alguns chegam a pensar que isto seria muito radical nos dias atuais já que estamos no século 21. Talvez você esteja pensando de forma totalmente incorreta quando admite ser um educador humano mais eficaz do que aquEle que conhece todas as coisas. Deus sabe o que é melhor para nosso filhos ainda que isso fuja a sua e a minha compreensão.A Palavra de Deus não deve ser ignorada no sentido de estar ultrapassada ou fora de questão em nosso século. Deus irá cobrar dos pais esta responsabilidade para com os filhos pois são estes a herança do Senhor. A Bíblia diz que Jó oferecia sacrifícios para seus filhos visando assim a aceitação destes diante de Deus.Ore pela sua casa , pelos seus filhos e esposa(o). Não deixe esta responsabilidade para seu pastor , ou igreja. Esta é uma tarefa nossa como igreja mais também é pessoal, de cada responsável pelo seu lar. Educá-los na justiça cabe a cada pai e mãe.Não e uma tarefa da TV, Internet,Escola etc. A obediência e os bons princípios aprendem-se em casa. No seio da família "Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa. Eis como será abençoado o homem que teme ao SENHOR" ( Sl. 128. 3-4)!

Não espere que a situação sai do controle para poder ver o que esta realmente acontecendo em sua casa.Salvar sua família da destruição é mais uma atitude preventiva do que atual.Não precisamos deixar as coisas começarem a acontecer para agir. Devemos nos prevenir contra os ataques do diabo. Cuide bem da sua casa.

5.Fechando as brechas . Eu e minha casa serviremos ao Senhor.

Uma situação desastrosa  no trabalho ou no casamento, não pode ser comparado ao fracasso em ser pai. Porque quando a pessoa é adulta ela pode defender-se, mas a criança não sabe se proteger,assim como precisamos de Deus para nos dar segurança , a criança se sente segura com os pais.
O evangelho não poderá espalhar-se por toda a terra se perdermos nossos filhos para o mundo.Um pai se sente fracassado quando não consegue educar o próprio filho(a) para ser alguém na sociedade. Agora nos também como crentes em Jesus deveríamos estar renunciando a nossa própria liberdade e nos santificando por amor a nossos filhos, para podermos estar diante do Senhor dando conta das almas que nos foram confiadas como sua herança (Sal 127:3) (Jó 1 ).
A razão do fracasso de muitas famílias cristãs, é que os pais esperam que os filhos sejam melhores do que eles são. Eles esperam que os filhos não amem o mundo e prossigam com o Senhor enquanto eles mesmos não testemunham disso com sua própria vida de submissão a Palavra de Deus. Já comentei sobre isso em linhas anteriores , mais faço questão de lembrar. Na maioria dos lares cristãos , os filhos presenciam a mãe e não o pai dominar a situação. Pastores, lideres, membros de nossas igrejas que infelizmente não pastoreiam a própria casa.
É importante que os pais tenham o mesmo padrão dos filhos. Não podemos estabelecer um padrão para nossos filhos se nós mesmos não testemunharmos para eles. O padrão ético e moral que vivemos, deve ser o mesmo padrão ético e moral que devemos exigir de nossos filhos.
Nossos filhos aprenderão a amar o que nós amamos, e aprenderão a odiar o que nós odiamos. Vão estimar o que estimamos, e vão condenar o que nós condenamos. Por esta razão devemos ter somente um padrão moral para a vida no lar.
Nossos filhos estarão sempre nos vigiando. Eles podem não ouvir o que dizemos, mas sempre estão observando o que fazemos e como fazemos.A autoridade que exercemos e em algumas situações vemos que os pais perderam a voz de autoridade com os filhos.


6. Termos um só pensamento, e não discutir autoridade diante de nosso filhos.
 

Para que a família seja sólida, os pais devem pensar do mesmo modo. Nem o pai nem a mãe, deve ter uma opinião especial. É difícil para os filhos, seguirem um padrão definido se os pais não concordam entre si. Se o pai diz sim e a mãe diz não (ou vice-versa), os filhos podem resolver pedir ao mais clemente dos dois, o que aumentará a distância entre o pai e a mãe.

Os filhos procuram o pai ou a mãe, segundo sabem quem aprovará um tal pedido. Quando a mãe chega em casa e pergunta quem fez determinada coisa, eles respondem que já tinham pedido ao pai. As vezes pode acontecer ao contrário.

É importante que os pais estejam de acordo quando surgir um problema com os filhos. Não importa a circunstância, devemos primeiro perguntar a nosso filho se ele já pediu ao outro cônjuge, e o que foi que ele disse. Seja o que for que nosso cônjuge tenha dito, deverá ser também a nossa resposta. O casal deve portanto manter a unidade nas decisões tomadas individualmente. Se houver necessidade de negociação deve ser feito em particular entre os pais.

Não devemos descarregar sobre os nossos filhos as nossas frustrações. As vezes nos comunicamos bem com todos os tipos de pessoas. Nossos amigos, parentes, colegas, nosso chefe, mas, temos problemas de comunicação com nossos filhos. Não devemos esquecer que eles são herança do Senhor. Devemos ser corteses com todas as pessoas e principalmente com nossos filhos e com o nosso cônjuge.

 Devemos ter o equilíbrio suficiente para criá-los, disciplinando-os com amor, e na admoestação do Senhor.

                                                             



Pr. Adelcio Ferreira